#ADEHOJE – AS NÓIAS COM O INFINITO. RADARES GARANTIDOS E ASSANGE PRESO

#ADEHOJE – AS NÓIAS COM O INFINITO. RADARES GARANTIDOS E ASSANGE PRESO

 

SÓ UM MINUTO – Juíza com juízo. A juíza federal Diana Wanderlei, de Brasília, proibiu o governo de retirar medidores de velocidade nas rodovias federais. A medida foi determinada numa ação popular contra decisão de Jair Bolsonaro, anunciada no mês passado, de suspender a instalação de novos radares e reduzir a quantidade de equipamentos instalados. Em caso de descumprimento, o governo será multado em R$ 50 mil por dia para cada unidade retirada. Cabe recurso.

Nóia: inacreditável, mas a Folha de S. Paulo implicou com o símbolo usado pelo Bolsonaro na cerimônia – juntou ao 100, de cem dias de governo, em verde e amarelo, o símbolo do infinito – o oito deitado. Para a repórter, há temor de perpetuação no poder, de ditadura. Socorro. O infinito, que aparece também na fita de Moebius é também o símbolo da Rede! Tanta coisa de verdade, lá precisa invocar com uma bobagem dessas?

Assange preso: incrível, parece que envelheceu décadas, como deu para ver pelas imagens.

Mais uma análise do Cesar Maia, para nos ajudar a entender pesquisas, eleições…E porque a campnha do governo tem cometido tantos crimes eleitorais e… Justiça eleitoral?

NÚMEROS DO DATAFOLHA QUE PODEM AJUDAR A ENTENDER OS ÚLTIMOS 15 DIAS DE CAMPANHA!

sweep%20under%20rug1. Na pesquisa espontânea, Dilma cresceu nas últimas 3 pesquisas: 27%, 28% e 30%. Marina manteve-se parada em 24%. Aécio Neves, que vinha parado em 10%, subiu na última pesquisa para 12%. Aqueles que não marcaram nenhum candidato vêm caindo: 38%, 36%, 35% e agora, na última pesquisa, 32%.

2. Este Ex-Blog tem repetido que o fator determinante na dinâmica da formação de opinião pública eleitoral é o fator espacial. Ideal é que se pudesse ter separada uma série de 3 pesquisas estaduais nos principais Estados. Mas mesmo da forma agregada como os Institutos se referem às Regiões, pode-se tirar algumas conclusões.

3. Comparando as pesquisas do Datafolha de 08-09/09 e de 17-18/09 há alguns sinais que devem ser levados em conta.

4. Dilma manteve-se igual no Sudeste 28% e 28%. Manteve-se igual no Sul: 35% e 35%. Cresceu na margem no Nordeste: 47% e 49%. Da mesma forma no Centro-Oeste e no Norte: 30% e 32%, e 48% e 49%.omelete

5. Marina caiu no Sudeste: 36% e 32%. Caiu no Sul 28% e 25%. Caiu no Centro Oeste 35% e 31% e no Norte 32% e 28%. No Nordeste manteve-se quase igual: 31% e 32%.

6. Aécio cresceu no Sudeste e no Sul: 18% e 20%, e 20% e 22%. Cresceu de forma mais acentuada no Centro-Oeste: 16% e 23%. No Nordeste ficou igual: 8% e 8% e no Norte caiu um pouco: 10% e 8%. Aécio, com seus 8%, mantém-se muito longe das primeiras no Nordeste e Norte: Marina com média de 30% e Dilma 49%. No Sudeste, Sul e Centro-Oeste Aécio está num patamar de 21% em média.

7. São sinais que nas regiões do agronegócio e finanças (Sul/Sudeste/Centro-Oeste), Aécio tem crescido e trocado com Marina.

teve8. Reforçando esses sinais, estão as famílias com renda superior a 10 SM, onde Marina tem 32% e Aécio 31%, e com nível superior onde Marina tem 37% e Aécio 27%. No Nível Superior, Aécio cresceu de 22% para 27% e Marina caiu de 42% para 37%, numa troca nítida. Dentro da ideia de que o fator espacial é determinante, diremos que são dois cortes cruzados a favor de Aécio: Sudeste, Sul, Centro-Oeste com Nível Superior já, e de renda, potencial.

FONTE: EX-BLOG DE CESAR MAIA, EDIÇÃO DE 23 DE SETEMBRO DE 2014

“Risco Marina”. Vários setores grandões com medo de Marina…Vejam só!

FEMWIZARDMarina Silva que se cuide. São grupos poderosos que podem soterrá-la com seus braços fortes.

Se quiserem continuar poluindo, já devem estar pensando em como eliminá-la do cenário.

Nota da Coluna de Aziz Ahmed/ O POVO/RJ

 

Risco Marina

Marina, morena, Marina, você se ferrou. Precisa acalmar mineradoras, aciarias, madeireiras, cimenteiras, transportadoras e outros setores estigmatizados pelos decretos elaborados durante sua passagem pelo Ministério do Meio Ambiente.

Tem gente de grosso calibre juntando munição para detonar em um dossiê intitulado “Risco Marina”.

99 e 77. Números dos partidos da Marina e do Paulinho. Aziz foi ver o bicho que dá: vaca e peru

 

farm13Na cabeça

A pedido de Marina Silva, o TSE definiu o número 99 para a Rede Sustentabilidade.

Já 77 será o do Solidariedade, do deputado federal Paulinho Pereira da Silva (PDT-SP).

RunningTurkeyAnimatedNo jogo do bicho, 99 é vaca e 77, peru.

FONTE: COLUNA CONFIDENCIAL, DE AZIZ AHMED, O POVO/RJ

Fernando Rodrigues: Partido Pirata quer registro oficial

bandeira pirataFONTE: BLOG FERNANDO RODRIGUES

Partido Pirata publica estatuto e quer registro na Justiça

Fernando Rodrigues

Além da Rede, de Marina Silva, 6 outros grupos tentam criar novas legendas

O Partido Pirata do Brasil (acima), inspirado em legendas de outros países que defendem o compartilhamento de conhecimento por meio digital, publicou no Diário Oficial da União de hoje (2.set.2013) o seu estatuto.

Esse ato é um dos passos obrigatórios para quem quer criar um partido. Primeiro, é necessário realizar uma convenção com 101 fundadores, o que já foi feito pelos piratas. Eles ainda precisam coletar 492 mil assinaturas, em 9 Estados diferentes, validá-las nos cartórios eleitorais e enviar toda a documentação ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília.

Publicar o estatuto no Diário Oficial custou R$ 11.844,30, arrecadados por meio de doações via internet, segundo os ativistas. Eles escolherem como sigla o termo Piratas.

O programa do partido tem pontos inovadores. Defende a divulgação na internet, em formato amigável, dos dados de arrecadação pública, aplicação de recursos e acompanhamento da execução de políticas.

Estabelece como princípio a neutralidade na rede (igualdade na velocidade de acesso para qualquer site), ponto polêmico que hoje atravanca a aprovação do Marco Civil da Internet pelo Congresso. Também propõe ampliar as ferramentas de consulta direta à população e quer revisar a lei de direitos autorais, de forma a permitir o compartilhamento de informações e “valorizar o trabalho dos autores”.

Já o estatuto preserva algumas práticas tradicionais de outras legendas. Entre elas, a destinação ao partido de 10% a 20% do salário de todos os filiados ocupantes de cargo eletivo ou de confiança. Também obriga que todos eleitos para mandatos legislativos votem conforme “os termos deliberados pelo partido”, em um parágrafo a fazer inveja ao centralismo democrático utilizado pelo PC do B.

Outros partidos. Além do Piratas, outros 6 partidos tentam obter seu registro na Justiça Eleitoral: o Rede (Rede Sustentabilidade), de Marina Silva, o Solidariedade, comandado pelo deputado Paulinho da Força (PDT-SP), o PLB (Partido Liberal Brasileiro), o Pros Partido Republicano da Ordem Social, o Arena (Aliança Renovadora Nacional) e o Novo.

O PLS, o Pros e o Solidariedade estão mais pertos de obter o registro. Seus pedidos já passaram por análise preliminar do TSE e aguardam parecer do Ministério Público Eleitoral. O Rede ainda discute com o TSE a forma de validação das assinaturas.

O PLB corre o risco de ser esvaziado. O partido foi idealizado pelo deputado estadual do Rio Domingos Brazão (PMDB), que havia rompido com o governador Sérgio Cabral (PMDB). Em agosto, para dissuadir Brazão da iniciativa, Cabral deu-lhe a liderança do partido na Assembleia Legislativa e a presidência da Comissão de Constituição e Justiça.

O Arena, mesma sigla do partido criado pela ditadura militar (1964-1985) para sustentar o regime, pediu na 6ª feira (30.ago.2013) ao TSE um “registro provisório” para disputar as eleições de 2014 sem comprovar as 492 mil assinaturas de apoio obrigatórias. Seus criadores

O Novo, que se propõe a defender o liberalismo e o Estado mínimo, está na fase de validação de assinaturas e ainda não pediu o registro definitivo ao TSE. Afirma ter 150 mil assinaturas validadas pelos cartórios e 520 mil em análise.

Leia abaixo o nome dos líderes de cada partido, quando o registro foi solicitado ao TSE e o ministro relator do pedido:

Aliança Renovadora Nacional (Arena)
Líder: Cibele Bumbel Baginski (presidente)
Data do pedido de registro no TSE: 30.mai.2013
Ministra relatora: Luciana Lóssio

Partido Liberal Brasileiro (PLB)
Líder: Domingos Brazão
Data do pedido de registro no TSE: 20.fev.2013
Ministro relator: Castro Meira

Partido Novo (Novo)
Líder: João Dionísio Amoedo (presidente)
Data do pedido de registro no TSE: Ainda não pediu

Partido Pirata do Brasil (Piratas)
Líderes: Alexsandro Albuquerque, Kristian Pasini e Henrique Peer (secretários-gerais)
Data do pedido de registro no TSE: Ainda não pediu

Partido Republicano da Ordem Social (Pros)
Líderes: Euripedes Gomes de Macedo Júnior e Henrique José Pinto (presidente e presidente de honra)
Data do pedido de registro no TSE: 22.mai.2013
Ministra relatora: Laurita Vaz

Rede Sustentabilidade (Rede)
Líder: Marina Silva
Data do pedido de registro no TSE: 26.ago.2013
Ministro relator: Laurita Vaz

Solidariedade
Líderes: Paulinho da Força e Marcílio Duarte Lima
Data do pedido de registro no TSE: 24.jun.2013
Ministro relator: Henrique Neves