#ADEHOJE – NO QUE VAI DAR? NO QUE TUDO VAI DAR?

#ADEHOJE – NO QUE VAI DAR? NO QUE TUDO VAI DAR?

SÓ UM MINUTO – Hoje acordei cheia de dúvidas, que divido com vocês. Não sei se pensam sobre essas coisas. Fico vendo a Venezuela em conflito e não sei até que ponto isso nos afetará se agravar mais ainda. Agora, Guaidó propõe greve geral. Por aqui: o que vai dar a tal reforma da previdência? Até que ponto poderemos suportar as idiossincrasias de alguns ministros, as bobeiras dos Filhos do Capitão, e as declarações estapafúrdias do presidente? Vejo mais amigos indo embora do país e isso me deixa angustiada. #prontofalei

O que perguntar?
Por debates mais abertos

#ADEHOJE -ARMAS COM PERNINHAS, BRASÍLIA COM BOLHINHAS DE SABÃO

#ADEHOJE -ARMAS COM PERNINHAS, BRASÍLIA COM BOLHINHAS DE SABÃO

SÓ UM MINUTO – O Tenente-coronel Alexandre de Almeida está preso no Rio de Janeiro. Ele era o responsável total pela guarda de armas do Exército que saíram andando e estão sendo encontradas em outros lugares e clubes de tiro.

Três meses do horror de Brumadinho e o lengalenga continua com relação às indenizações. Ainda há 35 desaparecidos.

O Horário de verão foi finalmente revogado. E enquanto isso, a turma da fofoca continua atacando em Brasília. Um fala do outro, depois diz que não falou, uma coisa horrorosa. Amigos de lá dão conta que Brasília está um deserto de ideias, trabalho, e todo o mais. Lá é termômetro, E a coisa só não está feia para quem arruma um cantinho com deputados ou senadores, aliás, como o tal Léo Índio, primo dos Bolsonarinhos.

#ADEHOJE – OLAVO MATRACA PRA CIMA DOS MILITARES.

#ADEHOJE – OLAVO MATRACA PRA CIMA DOS MILITARES.

 

SÓ UM MINUTO – E o tempo pode fechar. Aliás, o tempo ainda não abriu nesse governo Bolsonaro que todo dia nos traz lamentáveis surpresas. Olavo de Carvalho, o guru sabe-se lá do quê, mais Os Filhos do Capitão, 01,02,03, se não forem freados a tempo ainda vão piorar mais ainda a situação. Chamo a atenção de todos para os terríveis cortes de verbas que estão ocorrendo, paralisação de projetos importantes, enquanto o Capitão brinca de ser presidente. Estão em risco especialmente o cinema nacional e a produção de seriados, além de tudo o que dependia da Petrobras.

O mundo real não é de caminhõeszinhos, mas de caminhoneiros que estão tocando o terror com a ameaça de greve e divisão das lideranças. Aponte uma área que está andando em linha reta. Umazinha. Não tem. A reforma da Previdência tenta cavar espaço, perdendo alguns dos pontos iniciais

#ADEHOJE – CAFÉ DA MANHÃ COM O PRESIDENTE

#ADEHOJE – CAFÉ DA MANHÃ COM O PRESIDENTE

 

SÓ UM MINUTO – Adoro ver como os jornalistas, especialmente de Brasília, ficam felizes, contentes igual pinto no lixo, nem disfarçam, quando são chamados para o tal encontro com o presidente no café-da-manhã. Hoje não foi diferente. A foto final então, é uma coisa! Entre expressões de que ele estava “leve”, “quase não comeu”, nos dão as informações importantes. Por exemplo, a de que ele finalmente está se dando conta do erro da indicação para ministro da Educação do tal Ricardo Vélez Rodrigues, que não sabe onde está parado e não cansa de produzir fatos vergonhosos.Com o vocabulário restrito de sempre, Bolsonaro diz que o anel de noivado com ele pode ir para a gaveta – sempre referências a “casamentos”… Vélez já diz que “não se entrega”.

De importante, também, a informação de que é praticamente certo que esse ano não haverá Horário de Verão. Ufa, uma economia pífia de energia e que traz prejuízos à saúde de todos porque desregula o relógio biológico totalmente. Vamos ver.

Fora isso, reforma da Previdência parece ser a única reforma que eles veem , entre tantas outras tão fundamentais e que talvez até pudessem diminuir o fardo que colocará sobre os ombros dos trabalhadores.

#ADEHOJE – BOLSONARO GELADO – E RASO – EM DAVOS. E O CARNAVAL DE SP EM RISCO

 

#ADEHOJE – BOLSONARO GELADO – E RASO – EM DAVOS. E O CARNAVAL DE SP EM RISCO

 

 

DOIS MINUTOS – Era para ser de 45 minutos e foi diminuindo. Jair Bolsonaro falou durante apenas oito minutos em Davos, na Suíça, durante o Fórum Econômico. Fora frases curtas, telegráficas, dentro do esperado. Embora Bolsonaro aparentasse certa tensão, na sua primeira fala no exterior, terminou mais uma vez falando em Deus, no slogan da campanha. Na entrevista com o presidente do Fórum, buscou aparentar calma, embora visivelmente tenso. Repetiu a história do viés ideológico, que virou bordão. No discurso, citou Paulo Guedes, o super ministro da economia, e o chanceler Ernesto Araújo, Ministro das Relações Internacionais. Os temas gerais, os esperados: corrupção, economia, investimentos. Bolsonaro pareceu muito treinado a não se estender sobre os assuntos, e até tolhido. Bom que se livrou logo… Se posicionou como centro-direita. Esqueceu pra lá direitos humanos, minorias, imigrantes…

Por aqui em São Paulo, o Carnaval de rua está na berlinda. Não apareceu nenhuma empresa hoje querendo patrocinar, na abertura da concorrência. Estariam pressionando oo governador Joao Doria?

 

 

 

 

 

#ADEHOJE – O PAI VIAJOU. FILHO ENROLADO FICA PULANDO MIUDINHO

#ADEHOJE – O PAI VIAJOU. FILHO ENROLADO FICA PULANDO MIUDINHO

 

SÓ UM MINUTO – O presidente Jair Bolsonaro já está na Suíça para o Fórum Econômico, em Davos, um dos mais importantes encontros internacionais, e que abre chance para o Brasil ser visto e reconhecido como player no cenário. Bolsonaro deverá fazer amanhã, terça, 22, um discurso que se espera positivo. Nós rezaremos para que assim seja. Ele falará em defesa da democracia e das reformas por aqui; dirá que o país está aberto a investimentos. Deverá citar a participação brasileira na ajuda à Venezuela, contra Maduro, considerado agora como presidente ilegítimo. Sergio Moro, o paladino da Justiça, e o Paulo Guedes, o super super ministro da Economia estão por lá para apoiar.

Enquanto isso o Filho do Capitão, Flávio Bolsonaro, fica por aqui pulando miudinho tentando explicar movimentações financeiras milionárias em suas contas bancárias e que cada dia parece mais enrolado.

IMAGEM ABERTURA; PRESIDENTE JAIR BOLSONARO COM O FILHO QUE LEVOU JUNTO, EDUARDO BOLSONARO, NA PORTA DO AVIÃO, INDO PRA DAVOS, SUIÇA