Aplausos para elas!!!!!! Servidoras protestam contra as fiscais do alheio!( Da Folha de SP)

aplausos02Servidoras protestam contra tentativa da Câmara de regular vestimenta

DE BRASÍLIA

Envoltas em lenços com o objetivo de simular burcas e sob o coro “cuida do seu decoro, que eu cuido do meu decote”, cerca de 30 servidoras da Câmara dos Deputados realizaram um protesto na manhã desta quarta-feira (9) contra a tentativa de aprovação de um código de vestimenta para banir minissaias e decotes mais ousados dos corredores e salões da Casa.

As servidoras se reuniram na ala de acesso às comissões da Câmara e portavam cartazes contra a tentativa do “dress code” parlamentar.

A medida está sendo estudada pela Mesa da Câmara a pedido de parte da bancada de deputadas, que tem manifestado desconforto com o que elas consideram como “abuso” por parte de algumas servidoras e visitantes. A autora da ideia de regular o tamanho de decotes e saias, entre outros pontos, é a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do ex-deputado Roberto Jefferson, condenado no mensalão.

“Tenho 30 anos de Câmara e agora querem medir o meu decote?”, disse, em tom indignado, a servidora Dirnamara Guimarães, 49, que é concursada e trabalha na Comissão de Constituição e Justiça. Em seu telefone celular, ela mostrou a página criada no Facebook –”Cuida do seu decoro, que eu cuido do meu decote”–, que até o final da manhã desta quarta já contava com 453 adesões.

“É um absurdo que com tantos problemas graves pelos quais o país passa parlamentares se preocupem com as roupas que as pessoas entram aqui, que é um lugar que tem que ser de livre e amplo acesso. É preciso mais ética e menos estética”, disse a servidora Jacinta Luiza, 54, também concursada, e que trabalha no Centro de Documentação e Informatização da Casa,

Apenas dois deputados, Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Érika Kokay (PT-DF), participaram da manifestação.

O “dress code” da Câmara está sendo elaborado pelo deputado Beto Mansur (PRB-SP), primeiro-secretário da Casa, que irá apresentar uma proposta à Mesa. O órgão é comandado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que é evangélico e defende posições conservadoras na área dos costumes.

aplausos02

———–

JÁ LERAM MEU ARTIGO SOBRE ESSE ASSUNTO?

CLICA AQUI: DEPUTADA, FAÇA-ME O FAVOR.aplausos!