#ADEHOJE – PODERES, JUNTOS, ATÉ QUE UMA TUITADA OS SEPARE

#ADEHOJE – PODERES, JUNTOS, ATÉ QUE UMA TUITADA OS SEPARE

 

SÓ UM MINUTO– Entre tapas e beijos, sorrisos e apertos de mão, a nossa masculina República novamente se reuniu hoje pela manhã em café da manhã. Bolsonaro, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o presidente do STF, Dias Toffoli. Apareceram para tirar casquinha o Onyx Lorenzoni, articulador das articulações perdidas, e Paulo Guedes, o que diz que vai se mandar se não aprovarem as reformas… Enfim…Mais uma vez juraram amor até que a próxima tuitada os separe. Agora assinarão um pacto. O governo de vários governos…

A bárbarie em Manaus contabiliza 55 presos mortos em dois dias no presídios.55! Guerra interna de uma facção só, dizem…

A tristeza da morte do menino que tinha acabado de conhecer o sucesso: Gabriel Diniz. Está sendo velado em João Pessoa

#ADEHOJE – CONGRESSO BELISCA PRESIDENTE

#ADEHOJE – CONGRESSO BELISCA PRESIDENTE

 

SÓ UM MINUTO – Nos anos 70 havia uma inscrição constante nas paredes: CELACANTO PROVOCA MAREMOTO. Lembrei disso ao ver a Câmara votar ontem à noite, de surpresa, em primeira e segunda votação, a PEC do Orçamento. A proposta impositiva estava perdida lá desde 2015. Foi um beliscão e tanto nessa onda de desaforos entre Executivo e Legislativo. Com sua aprovação, o governo fica mais engessado do que já está. Ela classifica como obrigatório o pagamento de despesas que hoje podem ser adiadas, principalmente investimentos. Assim, de um Orçamento total de R$ 1,4 trilhão, o Executivo teria margem de manobra em apenas R$ 45 bilhões das despesas. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre está prometendo o xeque-mate aprovando lá também a PEC.

Enquanto isso, Sergio Moro está penando também para ter seu pacote de combate ao crime incluído na pauta. Hoje foi lá falar durante horas…

Resultado de imagem para celacanto provoca maremoto

#ADEHOJE – BRIGA DE PODERES. PERIGO À VISTA

#ADEHOJE – BRIGA DE PODERES. PERIGO À VISTA

Só um minuto – Tá pior que reforma de obra! Que tempos! Não há dia que acabe sem que fiquemos sabendo de futricas e desavenças no meio político/ jurídico/ institucional. Em geral, a fonte das crises tem vindo dos filhos do presidente Bolsonaro, Os Filhos do Capitão, 01,02,03.

Mas não tem mais graça, estão atrasando o país. Ando muito impressionada com a subida de tom e de maturidade e força de Rodrigo Maia, que tem sido bastante caro em suas colocações. Num dia, disse que os militares ao tentarem se poupar de entrar na reforma da Previdência, estavam chegando atrasados, no fim da festa. No outro disse ao Moro que ele copiou e colou projeto do Ministro do STF Alexandre Moraes, e que é “empregado” do presidente. Até um deputado do próprio PSL disse que não adianta Bolsonaro mandar à Câmara um abacaxi para ser descascado e não mandar a faca.