Pior do que está fica? Tiririca quer ser candidato a prefeito de SP…

Mas o melhor, o melhor mesmo, foi o comentário da boca maldita precisa do meu amigo aqui, que vocês bem sabem quem é – ou podem imaginar!:

– UÉ. QUAL É O PROBLEMA?

( E ele ainda  aproveitou para listar os outros belezinhas que concorrerão por aqui este ano, um desfile de personagens que nem sabems como Deus juntou)

 

Tiririca emociona e faz chorar ( de rir ) com homenagem aos professores. Que beleza! Que nível! (Mas sem preconceitos)

I M P E R D Í V E L

RECEBI ESSA GRAVAÇÃO E NÃO SABIA COMO FAZER PARA TE MOSTRAR.

DEI UM JEITINHO, E OLHE SÓ: ESTOU QUASE UMA CINEASTA.

VEJA COMO O DEPUTADO FEDERAL, PALHAÇO, HUMORISTA E AGORA POETA E CANTOR HOMENAGEIA NOSSOS PROFESSORES.

COMO O PROFESSOR EDUCA O GORDO, O MAGRO, O CARECA, O CABELUDO, O FEIO, O …

 

Mulher do Tiririca: faltou a trança

Da coluna do chiquérrimo Ricardo Setti, na Veja 

A mulher de Tiririca chama mais atenção do que o novo deputado

Com todo respeito: de vestido colante e decotado, Nana Magalhães, mulher do deputado Tiririca (PR-SP), chamou muito mais atenção do que o próprio, ontem, na Câmara, durante a posse dos parlamentares eleitos em outubro.

Aliás, Tiririca já tem sua página no site oficial da Câmara, na qual consta como profissão “ator”.

Confira aqui e veja, no item “biografia” — com apenas meia dúzia de informações –, que o deputado tem até livro publicado

Tiririca está com piriri ? Piririca…

d g 1- www.g1.com.br

Com dores abdominais, Tiririca é internado em hospital de Fortaleza

Suspeita é de pedra na vesícula; hospital não informou diagnóstico.
Deputado federal eleito foi o mais votado nas eleições de 2010.

Do G1, em Brasília

Tiririca é diplomado em SPTiririca no momento da diplomação como deputado
federal em SP (Foto: Carolina Skandarian / G1)

O deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira (PR-SP), o Tiririca, deu entrada no Hospital São Matheus, em Fortaleza, nesta terça-feira (28), após sentir dores abdominais. Os sintomas teriam indicado o diagnóstico de pedras na vesícula.

Uma atendente do hospital informou que o comediante se internou e, por volta das 19h, se encontrava no quarto com a mulher, mas não deu mais informações.

Um assessor de Tiririca, João Paiva, confirmou a internação e disse acreditar que o problema do deputado eleito não é “nada demais”. De acordo com o assessor, Tiririca não passou bem na noite anterior, mas, segundo ele, tem chance de receber alta ainda na noite desta terça,

Tiririca obteve 1,3 milhão de votos e foi o deputado mais votado do país nas eleições deste ano. Ele foi diplomado deputado no dia 17 deste mês. Dois dias antes, havia visitado a Câmara dos Deputados, em Brasília, pela primeira vez, após polêmica em torno da suspeita de que ele seria analfabeto – acusação da qual foi absolvido.

Netinho, Tiririca: espancadores de mulheres. Todos na campanha da Tia Dilma, da Dona Marta…do papai Lula

NETINHO AGORA DIZ QUE É PERSEGUIÇÃO POLÍTICA DAS ELITES, AS VERDADES QUE ESTÃO DIZENDO SOBRE ELE…

QUE É RACISMO…

ORA, ORA, SE ESSES ROXOS NA CARA DA MULHER SANDRA, O VÍDEO QUE O MOSTRA PARTINDO PARA CIMA DOS HUMORISTAS…ALIÁS, TODAS AS BESTEIRAS QUE FALA E PROPÕE PARA SER SENADOR…DE SÃO PAULO!!!

NÃO!!!

NÃO PODE. NÃO PODE. NÃO PODE.

ESSE CANDIDATO AO SENADO POR SÃO PAULO É O QUE HÁ DE RUIM

Essa história do Tiririca ser analfabeto ainda vai dar muito pano para manga. Lei é lei. Lei é lei.

 
LEIA ESTA MATÉRIA DO SUPER RICARDO FELTRIN, NO UOL – WWW.UOL.COM.BR
VOU ATÉ USAR UM PATINHO AQUI PARA  HOMENAGEÁ-LO
só para lembrar

:

LEI É LEI

 
LEIA ESTA MATÉRIA DO SUPER RICARDO FELTRIN, NO UOL – WWW.UOL.COM.BR
VOU ATÉ USAR UM PATINHO AQUI PARA LHE HOMENAGEAR
 

Tiririca admitiu para produção do SBT que é analfabeto

Ricardo Feltrin –
Colunista do UOL

 

Se a Justiça Eleitoral checar se o candidato a deputado federal Tiririca (PR) sabe ler ou escrever, vai descobrir que ele é de fato analfabeto. O próprio Tiririca disse várias vezes à produção do “Domingo Legal”, do SBT, que não sabe ler e nem escrever.

Desde 2003, o palhaço foi convidado frequentemente para participar de quadros do programa dominical do SBT, então comandado por Gugu Liberato (agora na Record).

Em um dos quadros, Tiririca teria papel fixo e deveria contar piadas para o público. Um redator do SBT era responsável pelo texto. Só que o redator precisava repetir a piada várias vezes até que Tiririca pudesse decorá-la.

Até julho deste ano, pelo menos, a situação “intelectual” de Tiririca não havia mudado. Mais uma vez convidado para participar de um quadro, ele imediatamente perguntou à produção se teria de “decorar alguma coisa, porque vocês sabem que eu não sei ler e nem escrever”. Questionado por um produtor da emissora se não pretendia um dia aprender, o palhaço disse que não levava “jeito nenhum” (para aprender).

O promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes, da 1º Zona Eleitoral de São Paulo, entrou com duas representações à Justiça Eleitoral pedindo para que seja confirmado se ele é de fato analfabeto. O promotor se baseou em reportagem da revista “Época”. A legislação em vigor proíbe que analfabetos sejam candidatos a cargos políticos. Outra ação do mesmo promotor acusa Tiririca de falsidade ideológica.

Em uma entrevista o palhaço revelou que seus bens estão em nome de terceiros, e que não tem nenhum bem em seu nome devido a processos judiciais.

Assista ou leia a mais notícias exclusivas sobre TV e o mundo do entretenimento no programa Ooops!, que eventualmente também traz informações inéditas sobre a estrutura organizacional dos insetos himenópteros da superfamília dos apoídeos.

Época imprensa o Tiririca. E revela que ele talvez não saiba nem ler nem escrever

Tiririca, o candidato que não lê

Vários indícios sugerem que Tiririca não sabe ler nem escrever. A Constituição proíbe candidatos analfabetos

Victor Ferreira

De acordo com a Constituição, os analfabetos são inelegíveis e, portanto, não podem se candidatar e receber votos. Por lei, os candidatos são obrigados a apresentar à Justiça Eleitoral um comprovante de escolaridade. Na ausência de comprovante, devem demonstrar capacidade de ler e escrever. Para registrar sua candidatura a deputado federal, Tiririca apresentou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo uma declaração em que ele afirma que sabe ler e escrever. Essa declaração, segundo as normas legais, deve ser escrita de próprio punho. Mas Tiririca, de fato, sabe ler e escrever? A suspeita é que não. Vários indícios permitem levantar essa desconfiança.

O humorista Ciro Botelho, redator do programa Pânico da rádio Jovem Pan, diz que escreveu sozinho o livro As piadas fantárdigas do Tiririca em 2006. A publicação é assinada só por Tiririca. Botelho diz que escreveu com base em histórias contadas por ele. “O Tiririca não sabe ler nem escrever”, afirma.

Dois funcionários da TV Record também disseram a ÉPOCA que nos bastidores do programa humorístico Show do Tom, do qual Tiririca participa, é sabido que ele não lê nem escreve. De acordo com Ciro Botelho, o palhaço conta com a ajuda da mulher para decorar suas falas: “A mulher fica no camarim com ele e vai falando o texto. Ele vai decorando e conta do jeito dele”.

A reportagem de ÉPOCA acompanhou Tiririca por dois dias na semana passada. Viu o candidato dar autógrafos com uma grafia bem diferente da que aparece na declaração apresentada ao TRE, com letras redondas. Aos fãs, ele assina um rabisco circular ininteligível e desenha o que seriam as letras do nome de seu personagem. Em duas ocasiões, a reportagem deparou também com situações que demonstram que Tiririca tem, no mínimo, enorme dificuldade de leitura. No dia 21, a reportagem pediu para Tiririca ler uma mensagem de celular. Ele ficou visivelmente assustado diante do aparelho. O constrangimento do candidato só foi desfeito quando uma assessora leu o torpedo em voz alta. Minutos antes, referindo-se às críticas feitas a sua candidatura nos jornais, Tiririca dissera: “Eu não leio nada, mas minha mulher lê para mim”.

No dia 22, ÉPOCA fez um teste com Tiririca. Durante um almoço, pediu a ele para responder a perguntas da pesquisa Ibope sobre o Congresso. As duas primeiras questões foram lidas pela reportagem e respondidas normalmente por Tiririca. Em seguida, foi apresentado ao candidato um cartão para ele ler a terceira pergunta e as alternativas de resposta. Nesse momento, seus assessores o cercaram imediatamente. O filho de Tiririca, Éverson Silva, começou a ler a pergunta para o pai, mas a pesquisa foi interrompida pelos assessores com a alegação de que ele precisava almoçar e que a aplicação da pesquisa não fora combinada previamente. A cena pode ser vista em um vídeo no site de ÉPOCA.

Depois desse novo mal-estar, ÉPOCA tentou questioná-lo sobre sua alfabetização. Sua assessoria de imprensa não permitiu mais contatos. Ela diz que Tiririca sabe ler e escrever, mas os pedidos de um encontro com o candidato para que ele lesse um texto e encerrasse as dúvidas foram recusados. A assessoria disse que Tiririca está na reta final da campanha e ficaria “chateado por ter de provar que sabe ler”.

O que acontece com um candidato sobre o qual há dúvidas sobre sua alfabetização? “Se houver dúvidas, o juiz pode submetê-lo a um teste”, diz o advogado Fernando Neves, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo Neves, essa prova é simples e visa apenas certificar a capacidade de ler e escrever do candidato. Se o candidato não conseguir provar que é alfabetizado, a jurisprudência da Justiça Eleitoral diz que a candidatura deve ser cassada.

Veja o vídeo

Saiba mais no http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI174615-15223,00.html