ARTIGO – Gangorra ou de pulinho em pulinho. Por Marli Gonçalves

Assim vamos indo, de denúncia em denúncia. Aos sobressaltos. De pulinho em pulinho, na gangorra do sobe e desce, do que vai e do que vem. O título da coluna seria “de soluço em soluço”, e que eu já estava pensando bem antes, vocês sabem de quem, começar a soluçar e dar golfadas. Mas não é sobre a saúde do presidente, pelo menos não só, mas sobre o Brasil e os nossos enormes sustos do dia a dia.

gangorras

Troquei o soluço pela ideia que estamos saltitantes sobre fogo e subindo e descendo. Uma coisa, uma hora; na seguinte, já não é mais nada daquilo. Pode ser melhor, mas em geral tem sido é pior. Chega a tontear a quantidade de informações que recebemos, vindas das mais variadas fontes. Ultimamente em on, off, ou ainda com sons de claras gravações de voz ou ainda quando assistimos vídeos completos comprovando as barafundas, negociatas. Fora, com CPI a pleno vapor, documentos, e-mails, ofícios para lá e para cá que vêm à luz, de acordo com a maré, investigações ou interesses.

Ah, falei CPI a pleno vapor. Esquece. Apenas fumacinha, brasinhas, pelo menos nas próximas semanas. Que no meio da coisa quente, pegando fogo, eles resolveram entrar em recesso, que férias não é privilégio só dos juízes e apresentadores de tevê importantes. Fuémm.

Um dia está tudo bem, a economia está “crescendo” – e nos mostram percentuais em geral só de zero vírgula alguma coisinha. No outro, surgem as quedas, mas de dados como níveis de emprego, atendimentos, sempre de percentuais com mais números bem gordinhos antes da vírgula do percentual. A verdade é aquela: só procurar que acha. E temos tantas letrinhas pra procurar, PIB, taxas, juros, inflação, projeções e estatísticas que sempre depende se a procura for por notícia boa, média ou ruim. Depende do dia. Tem dados para todos os gostos. Difícil fica é acreditar em alguns.

Na política, a coisa tá louca. Desarvorada. Há dias com uma série de acontecimentos tão quentes que você acha que o governo não vai resistir nem até aquela noite.  Você fica que nem maluco tentando acompanhar e entender tudo, vê a terra tremer. Aí a noite chega e nada. Você vai dormir, e quando acorda corre para ver se eles ainda “estão por ali”, e lembra que se não estiverem você até ficaria bastante feliz. Mas, na verdade, tudo recomeça especialmente com os arranjos que são feitos na calada das noites.

Nos últimos dias, o DataFolha disparou a fazer pesquisas e o resultado delas –  nada me tira da cabeça  –  creio que  foram as responsáveis por uma boa parte dos soluços do presidente, mostrado em queda livre, perfilado pela maioria da população inclusive como inábil, pouco inteligente, entre outras absolutas verdades reveladas, essas pouco secretas, que no caso não se trata de novela das onze. Entalou. Entupiu. Deu indigestão.

O corpo fala. E o de Bolsonaro estava e está gritando faz tempo. Pelos olhos, pela pele, pelos poros, e até pelos perdigotos. É sabido que soluços podem ter causas psicológicas como ansiedade, tristeza, agonia e depressão.   O corpo somatiza.  Verbaliza que algo não vai bem na mente. E a cura depende, além de medicamentos, do reconhecimento das emoções e sentimentos. E esse reconhecimento, no caso, não ocorre. Só ejeta ódio. Somatização é coisa séria.

Enfim, todos nós somatizamos em algum momento em nossos corpos os sentimentos estranhos. No caso do presidente, fiquei preocupada porque nas minhas pesquisas aqui descobri soluços associados a histerismo. E, pelo menos por enquanto, os médicos o estão tratando com remédios, ou seja, talvez nem tenha mesmo ver com a facada que levou durante as eleições de 2018. Talvez apenas estejam lhe dando calmantes.

O problema é que essa gangorra toda que estamos vivendo não faz bem a nenhum de nós, que ficamos sem saber para onde correr sem que o bicho pegue – literalmente, se pensarmos no vírus que também não para de pregar peças no mundo todo, com seus vaivéns preocupantes.

___________________________________________________

MARLI - cgMARLI GONÇALVES – Jornalista, consultora de comunicação, editora do Chumbo Gordo, autora de Feminismo no Cotidiano – Bom para mulheres. E para homens também, pela Editora Contexto.  (Na Editora e na Amazon). marligo@uol.com.br / marli@brickmann.com.br

___________________________________________

 (se republicar, por favor, se possível, mantenha esses links):
Instagram: https://www.instagram.com/marligo/
No Twitter: @marligo
Blog Marli Gonçalves: www.marligo.wordpress.com
No Facebook: https://www.facebook.com/marli.goncalves

#ADEHOJE – É A ECONOMIA, AMORES…E A CORDA BAMBA DA LAVA JATO

#ADEHOJE – É A ECONOMIA, AMORES…E A CORDA BAMBA DA LAVA JATO

 

SÓ UM MINUTO – PIB: Economia brasileira cresce 0,4% no 2º trimestre e escapa da recessão O desempenho da economia no segundo trimestre foi puxado, principalmente, pelos ganhos da indústria (0,7%) e dos serviços (0,3%). Já a agropecuária caiu 0,4%…

A Lava jato está na corda bamba, se equilibrando entre as denúncias vindas dos vazamentos divulgados pela Intercept e as recentes decisões do STF em alguns processos, que puxam a corda para que outros processados anulem vária sentenças. 32 delas envolvem 143 condenados. A coisa está pegando fogo. O engraçado está no Lula defendendo algumas coisas da Lava Jato, como um santinho.

O momento é delicado. Vai haver troca de comando na Procuradoria Geral da República, coma substituição de Raquel Dodge. E Bolsonaro está querendo indicar um ser, digamos, contraditório e possivelmente bastante parcial… ultracatólico, conservador e discreto, dizem…

29 DE AGOSTO, hoje, dia da visibilidade lésbica.
 

 

 

 

Imagem relacionada

 

#ADEHOJE, #ADODIA – BOMBAS: MADURO, MURO, CHUVAS E TROVOADAS

chove gatos

#ADEHOJE, #ADODIA – BOMBAS: MADURO, MURO, CHUVAS E TROVOADAS

SÓ UM MINUTO – Maduro toma posse na Venezuela para mais um mandato que não é aceito pelas organizações internacionais. Situação esquenta. Maduro chama o presidente Jair Bolsonaro de fascista. Paraguai rompe relações com a Venezuela. Argentina e outros países do continente se unem. Enquanto isso Geisi Hoffmann passeia por lá em nome do PT, que perdeu a noção de vez. Nos EUA a situação vai ficando insustentável com a birra de Trump que quer porque quer construir um muro na fronteira com o México. Tudo parado. Aqui no Ceará, as organizações criminosas mandam ordens de dentro das prisões e tentam derrubar pontes e viadutos com bombas. Hoje foram achadas oito. Milhares de raios e chuvas fortes paralisam várias cidades com beleza e horror. El Niño em ação. E AGORA DE MANHÃ MUDOU O COMANDO DO EXÉRCITO! Passou para Edson Pujol.

#ADEHOJE, #ADODIA – ALERGIA À BLACK FRIDAY E OUTROS BLACKS DE DESCONTOS (?). MAIS A SALSA DAS INDICAÇÕES

#ADEHOJE, #ADODIA – ALERGIA À BLACK FRIDAY E OUTROS BLACKS DE DESCONTOS (?). MAIS A SALSA DAS INDICAÇÕES

 

 

VOCÊS ESTÃO RECEBENDO O BOMBARDEIO DE MENSAGENS DA TAL BLACK FRIDAY POR TODOS OS CANTOS? COISA CHATA. PIOR, FALSA! QUANDO VOCÊ VAI VER MESMO SE TEM DESCONTO…NÃO É NADA. FORA QUE NÃO ENTENDO TANTA EUFORIA EM UM MOMENTO QUE ESTÁ TODO MUNDO TÃO DURANGO. É MAIS UMA INVENÇÃO DE DATA PRA TIRAR ALGUM DA GENTE. FORA ISSO, VAMOS COMENTAR? ESSE VAIVÉM DAS INDICAÇÕES PAR AO NOVO GOVERNO! PRIMEIRO UM CARA BOM; AÍ TEM CHIADEIRA, E AGORA VÃO ATRÁS DE UM QUE SEJA A FAVOR DESSA BOBAGEM QUE É FALAR DA TAL ESCOLA SEM PARTIDO. SOCORRO…E QUE DEUS NOS LIVRE DO RUSSOMANNO, TAMBÉM, NÉ. MAS ISSO SERÁ OUTRA GRAVAÇÃO, QUE ESTAMOS ACOMPANHANDO A FORMAÇÃO DO QUE DEFINIRÁ O NOVO GOVERNO DE BOLSONARO E A AS NOSSAS VIDAS. PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE HOJE, MAIS UMA VEZ, DA ESTÁTICA LOVE…QUE NÃO TEM NADA A VER COM ISSO TUDO, MAS ME ACOMPANHA, ACHA QUE EU TENHO RAZÃO. E VOCÊ?