Gente! Valsinha! Valsinha! Vamos dançar valsinha! E comemorar a 15ª edição da Parada LGBT, em São Paulo.

Parada Gay de SP lança viral e quer reunir milhões em valsa na PaulistaNo próximo domingo, às 13h30, você está convidado para um baile de debutantes. Você e as estimadas 3 milhões de pessoas que devem comparecer à Avenida Paulista, na Parada do Orgulho LGBT 2011. Para comemorar o 15.º aniversário do evento, a organização está preparando uma valsa no coração da cidade.

O convite vem por meio de um vídeo “viral” que entra no ar hoje na internet. Ele convoca os participantes a dançar Danúbio Azul com quem estiver ao lado quando a música tocar. Os 17 trios elétricos da festa vão reproduzir uma versão remixada da tradicional valsinha dos debutes, criada pela DJ Ana John.

“Não queremos nada muito longo, só registrar esse momento importante”, explica Ideraldo Luiz Beltrame, presidente da APOGLBT, associação organizadora da parada.

O filme Valsa (www.youtube.com/user/nalajeFILMES) tem um minuto e 20 segundos e é protagonizado pelos atores Ricardo Ramory e Rodrigo Feldman. “Queríamos um vídeo que não agredisse ninguém, mas que tivesse o espírito da parada, de lutar contra a homofobia”, explica Regina Campos, sócia da Na Laje Filmes, responsável pelo filme, encomendado pela Artheventos.

Gravado no cruzamento da Avenida Paulista com a Rua Augusta, o curta mostra os dois atores se encontrando no meio da faixa de pedestres e valsando solenemente. “Captamos as reações das pessoas que passavam no local, sem figurantes”, diz Otávio Pacheco, que dirigiu o vídeo com Fausto Noro.

Os produtores do viral, que conta com o apoio institucional da SPTuris, esperam entrar para o Guinness com o maior número de casais dançando valsa em público. O recorde atual é de 2010, com 1.510 casais na Bósnia. A maior parada gay do mundo pode mudar essa estatística.

FONTE:
Agência Estado