ARTIGO – Siga-me e eu te darei …Por Marli Gonçalves

aegypten80…tudo, a luz, as estrelas, viagens, dinheiro…Acreditou? Do jeito que todo mundo anda atrás de algo ou de alguém a se apegar, nem duvido que tenha até chegado a imaginar as benesses que, infelizmente, não estão nem ao meu próprio alcance. A procura por líderes e ídolos para nos guiar, proteger, defender e ajudar continua a pleno vapor. Se antes de mim você encontrar algum ou alguém que valha a pena promete me avisar? ch3

Vivemos procurando a tal luz no fim do túnel. A estrelinha Vésper no firmamento. A última garrafinha de água no deserto. O Mestre Supremo e o Senhor de todas as coisas. O Grande Orientador. Pior, também passamos a vida achando que os encontramos, até que um tranco qualquer, em geral alguma verdade, apareça e nos leve as ilusões, deixando-nos mais para baixo que bico de gaivota quando mergulha para pescar. E lá vamos nós em busca de novo, e de novo, acreditando nas promessas.

logo 1A necessidade de adorar e idolatrar, sei lá, imagino, não deve ser só da gente que é gente, pessoa. Conheço gatos e, especialmente, cachorros, que idolatram verdadeiramente seus donos, o que é visível em cada um de seus atos. Acho que a diferença é que nos animais esse amor é incondicional, e sobrevive até aos trancos de mau humor que possamos ter com eles, que sempre estarão lá, babando, abanando o rabo, se esfregando em nossas pernas. Será questão de memória? Temo que não, porque também conheço casos de animais que guardam a raiva de alguém até poder descontar, ou com uma bela mordida, ou com um bom arranhão.

Obviamente que esta semana andei rassudocando muito sobre tudo isso. Rassudocar? Quer dizer pensar, imaginar. Não sei se já é termo aceito, se é gíria, mas não tem palavra melhor para aquele pensamento que a gente fica remoendo, que vai e que volta, que praticamente dissecamos e cercamos até resolvê-lo por inteiro, ou mesmo esquecê-lo, o que também pode ser de repente, quando a cabeça é invadida por outro tema. Para escrever a gente rassudoca muito – creio que isso acontece com todos os escritores e cronistas.

egyptinEnfim, rassudoquei sobre a loucura que circundou a visita do Papa Francisco, definitiva e rapidamente eleito pelo Brasil como uma das pessoas mais legais, simples, simpáticas, corajosas e carismáticas de todo o mundo, de todo o Universo, quiçá. O que para um argentino, venhamos e convenhamos, também beira um milagre. Ele veio pronto a inspirar e colher essas paixões, ao falar e discursar, praticamente dizendo tudo o que queríamos ouvir, à exceção de “Fora Cabral”. Esperávamos por um líder, qualquer ser, que viesse nos ajudar com nossos perrengues nacionais e particulares.

Daí fiz uma listinha do que é necessário para ser ídolo nestes tempos atuais: dizer que compreende tudo, que está ouvindo as voz das ruas, dos jovens, dos protestos, coisa que não sei se vocês repararam virou mania nacional, mas já engolfada pela propaganda, a comercial e a política. Tem uma, de refrigerante (!), que fala até em “batedores de carteira honestos”, seja lá o que isso quis dizer. Até os partidos mais reacionários estão vindo com essa conversa fiada, mostrando imagens e sons dos protestos, e fazendo promessas com a cara candura de sempre. Sem mudar nada.

figure8icontut67Não me admira que tantos ídolos fiquem pelo caminho, demonstrando ser feitos de barro, de ar, de vidro ou qualquer outro material de quinta, inclusive moral e eticamente falando. Não me admira que haja tanto desânimo e descrença, e aí reside o grande perigo de sempre: não existe o vazio; ele pode ser preenchido por qualquer coisa que tampe o buraco. Temos necessidade de ter ou ídolos, ou mestres, ou quem vá na frente segurando uma vela. Isso não tem jeito.

Vejo quem sofre porque o Lula, “Noço guia supremo”, os “traiu”. E também vejo quem fica até úmido quando o vê, e tampa os olhos, o nariz e os ouvidos de forma impressionante quando se apontam fatos irrefutáveis sobre seus desfeitos. Acontece. Tem quem se atarraque numa coisa e não largue dela nem para se jogar junto, do precipício.

Perdi tantos ídolos nos caminhos da vida que hoje os evito; talvez por isso perceba tão bem essa tendência a se enrabichar atrás de qualquer coisa. A diferença é que o povo também não tem nenhuma fidelidade e troca de amor sem nem trocar a camisa.

Estamos vendo isso na política. Sonhadores, por exemplo, pensando que Joaquim Barbosa é mesmo o Batman. Que a Marina chega lá. Ou que Luan Santana canta bem, e que tudo o que está acontecendo seria resolvido com a volta dos que já foram, mas ameaçam afiar unhas, ameaçando os que deixaram de venerá-lo, vendo sua verdadeira face.

Só que para combinar com o momento que atravessamos é bom lembrar que para muitos a idolatria é considerado um terrível pecado. Principalmente quando não há santo, nem para fazer milagres, nem para fazer promessas, muito menos para a gente ajoelhar.r1328

São Paulo, onde só falta nevar, 201315

Marli Gonçalves é jornalista Estou aqui a cismar sobre qual será o próximo Mestre de todos os mares, quem será a Diva de todas as divas que aparecerá por aqui, embora pense que tão cedo poucos se aventurarão por essas plagas – de medo de ficar preso no trânsito, debaixo de chuva e com um monte de criancinhas para abraçar e beijar.

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

Tenho um blog, Marli Gonçalves, divertido e informante ao mesmo tempo, no https://marligo.wordpress.com. Estou no Facebook. E no Twitter @Marligo

MTST anuncia ato público e protestos em Aparecida, amanhã,24. Veja o que dizem. (Em português e inglês, chiquérrimos)

cc

pastorPORQUE FAREMOS ATO NA VISITA DO PAPA AO BRASIL

O Papa Francisco chega hoje ao Brasil.

O seu discurso tem sido de defesa de uma Igreja pobre e para os pobres. Isso é um avanço, mas precisa de coerência prática.

Se de fato o Papa quer uma Igreja que ouça e defenda os pobres precisa posicionar-se sobre os ataques que os mais pobres têm sofrido no país que ele agora visita.

Queremos que o Papa se posicione em relação aos despejos que ameaçam e atingem milhares de famílias por conta das obras da Copa 2014 no Brasil.

Queremos que o Papa se posicione em relação ao extermínio da juventude das periferias pela Polícia Militar em várias partes do país.

Estaremos lá para cobrar esta coerência em relação à defesa dos pobres.

A Manifestação será em APARECIDA DO NORTE (SP) Quarta-feira (24/7), a partir das 9h30, durante a visita do Papa.

MTST

Movimento Periferia Ativa

Resistência Urbana – Frente Nacional de Movimentos

WHY WE, HOMELESS WORKERS BRAZILIAN SOCIAL MOVEMENT, WILL MAKE A PROTEST IN POPE’S VISIT

Pope Francis has arrived to Brasil.

His speeches always defend Catholic Church to the poorest. This is an advance, but needs practical coherence.

If indeed, Pope wants a Church which listens and defends the poorest, he needs to effectively speak about the attacks we suffer everyday in our cities.

We want Pope to state his position about the removals that threat and have been execcuted on thousands of families during the preparation of Brasil’s, 2014 World Cup.

We want Pope to state his position about genocide homicide affecting the youth that live in the suburb of big cities in Brasil.

We will be there to ask Pope these major questions, 9h30, in Aparecida do Norte (SP).

Fonte: assessoria de Imprensa

Oração oficial da Jornada Mundial da Juventude

 

praying_hands

A PROPÓSITO:

ESTA, ABAIXO,  É A ORAÇÃO OFICIAL DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE, JMJ.

SE QUISER LER UMA OUTRA ORAÇÃO, A  QUE ESCREVI, CLIQUE AQUI

“Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e nEle, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio.

Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai. Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Palavra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos-missionários da nova evangelização.

Ó Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho, com o esplendor da Tua Verdade e com o fogo do Teu Amor, envia Tua Luz sobre todos os jovens para que, impulsionados pela Jornada Mundial da Juventude, levem aos quatro cantos do mundo a fé, a esperança e a caridade, tornando-se grandes construtores da cultura da vida e da paz e os protagonistas de um mundo novo.

Amém!”

h2

Do G1: Papa Francisco aparece com “chifrinhos” na capa da Time. Gaiatice generalizada aproveita. Maldade, do “foi sem querer”

963Internautas brincam com ‘chifres’ vermelhos no Papa em capa da ‘Time’

Impressão é dada por foto do Papa, sobreposta ao M do nome da revista.
Publicação questiona se pontífice pode recuperar a Igreja latino-americana.

Do G1, em São Paulo

Internautas brincam com 'chifres' vermelhos no Papa em capa da 'Time' (Foto: Reprodução)

Internautas brincam com ‘chifres’ vermelhos
no Papa em capa da ‘Time’ (Foto: Reprodução)

Internautas e vários sites brincaram nesta segunda-feira (22), nas redes sociais, com o fato de a capa da revista “Time” dedicada ao Papa Francisco dar a impressão de que o pontífice está com “chifres” vermelhos.

A impressão é dada pela foto do papa, sobreposta à letra M do título da revista semanal.

Com o título de “O Papa do povo” na capa e “Um Papa para os pobres” na matéria interna, a publicação trouxe um perfil do pontífice argentino, às vésperas de sua vinda para a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro.

A publicação questiona-se se o novo Papa poderá recuperar a Igreja Católica na América Latina.

A reportagem afirma que a ida ao Brasil vai ser uma oportunidade para medir as forças do “Papa humilde” e o modo como ele está refrescando a face do papado.

Reprodução da capa da 'Time' com o Papa Francisco (Foto: Divulgação)Reprodução da capa da ‘Time’ com o Papa Francisco (Foto: Divulgação)

“No Brasil, o mais populoso dos países católicos no mais católico dos continentes, [o Papa Francisco] vai encarar, em microcosmos, os desafios com os quais a Igreja está confrontada ao redor do mundo: o magnetismop do evangelismo protestante e as tentações da cultura secular”, diz o autor. “E é nessa enorme nação latino-americana que o Papa dos pobres pode começar a ter a influência desestabilizadora que o Papa João Paulo II teve na Europa Oriental: virar a maré contra os rivais da Igreja e restabelecer seu primado no lugar onde uma vez ela teve domínio incontestável.”

ARTIGO – Oração ao Mundo, por Marli Gonçalves

h2Vou fazer uma oração, oração, oração… Às 18 horas, Hora do Ângelus de um dia desses, assim, pensando no Papa, nos jovens e no que vem por aí, foi que comecei a escrever essa prece. Que me desculpem pela falta de jeito com religião que seja uma única, porque sempre fui da fé. Só da fé. E fé varia, junta, agrega, mistura, vive dentro da gente. A oração é a conversa que queremos fazer chegar aos ouvidos de quem detém o destino.rel8

Senhor, dito assim, seja quem nos ouve rogar. Divino seja.

Mantenha se puder a Paz na Terra para todos os homens, o que nos garantirá a vida até o seu chamado, e não antes disso, abatidos de forma vil em guerras inconfessas. Que os de má vontade não tenham forças para nos fazer arrefecer e desistir. Por um mundo justo, onde a convivência se dará pela alma, e alma não tem cor, raça, armas.

pray2Protegei nosso chão, nosso céu, nosso solo, nossas matas. Nossos rios, oceanos e cachoeiras! Que continuem fluindo, lavando, levando para o fundo de algum lugar bem distante todas as nossas mágoas, todas as nossas dores. Permita que não haja tanta culpa, e nem tanto medo, e que não se represe tanto martírio em lagos, mesmo que formados sejam por tantas lágrimas que vertemos. Pelo Senhor. Para o Senhor. Por nós e pelos outros.

choirSenhor, protegei nossos pais, nossos filhos, os amigos de nossos filhos. Nossos irmãos e irmãs, inclusive os que assim consideramos, além da carne, além do sangue. Mantenha sobre eles seu manto projetado e que a sombra, se sombra houver, tenha a forma de um anjo, mas se desfaça logo virando nuvem branca em céu azul. Mostre-nos o caminho da firmeza de propósitos, as estradas que chegarão nas realizações, para que não nos percamos em tantos desvios, tantas encruzilhadas. Com sua luz, ilumine as pistas orientando nossos pousos e decolagens, e para que sempre sejamos livres para ir e vir.

2budda1cpAve! Aceite as súplicas que lhe dirigimos todos os dias. Releve as tantas vezes em que descremos de tudo, no desespero de não possuirmos vidência, temperança ou sabedoria. Só aceite esses pedidos. Como uma mensagem, e que esta chegue protegida e trazida pelas ondas, seja numa garrafa, seja em pensamento solitário ou em grito desesperado. Nos ilumine. Clareie os nossos olhos para percebermos os inimigos. Tampe nossos ouvidos para que não ouçamos cantos que nos corrompam. Ensine-nos a farejar e a tatear, aguce nossos sentidos, mesmo que os tenhamos todos, e como se assim não fosse. Guie esses passos.

pray1A ti. Enquanto contamos as contas desse rosário do dia após dia, aceite essa conversa que tentamos fazer chegar aonde não sabemos bem, nem nos é permitido saber. Que essa ladainha toda seja Pelo Senhor. Para o Senhor. Por nós e pelos outros.

Misericórdia. Há os que precisam de imagens para venerar, muitos deuses ou um só, símbolo ou amuleto a se apegar e crer. Benza-os como a cruz, lhes dê o Espírito Santo e a força, sejam eles cruzes, sejam pedras ou meros pedaços de pano. Que sejam fortes e mágicos o bastante para nos acompanhar nesse trajeto de ciladas e armadilhas, mesmo que sem velas ou incensos acesos, sem oferendas. Que, Senhor, representem de alguma forma a sua proteção nessa distância que não saberemos qual é até chegarmos ao seu fim.

1shprd3Rogamos que faça surgir sábios no Oriente e Ocidente, como de tempos em tempos nascem os gênios. Só eles poderão salvar e influenciar a Ciência contra a estupidez, a ignorância. Pela cura. Por compaixão e um futuro justo. Que as crianças de todo o mundo parem de ser martirizadas sem nem saber o que é viver; deixem de ser sacrificadas por sua inocência, obrigadas à submissão, seja esta religiosa, sexual, familiar, social ou cultural. Que o progresso seja de todos. E que essa oração seja também pela fauna, pela flora, pelo ar, terra, fogo e água. Pelo Senhor. Para o Senhor. Por nós e pelos outros.

Que homens e mulheres, mulheres e homens, e que hoje se misturam entre si porque humanos devem amar humanos, que eles alcancem a Felicidade, talvez o espelho onde realmente encontremos a Vossa Santíssima imagem. A nossa imagem.

Amém! Salve, Salve.963

                                                                             (São Paulo, 2013)

Marli Gonçalves é jornalista– Sempre quis saber quem escreve as orações, de onde surgiram as que são universais, como a beleza de uma Prece de Cáritas. Achei a resposta: todos nós as fazemos.

96

P.S.: Tomei a liberdade de gravar uma narração desse texto, que você pode ouvir AQUI. Foi um improviso total.

********************************************************************
E-mails:
marli@brickmann.com.br
marligo@uol.com.br

Tenho um blog, Marli Gonçalves, divertido e informante ao mesmo tempo, no https://marligo.wordpress.com. Estou no Facebook. E no Twitter @Marligo