Compras de Governo: garfos, facas, panelas, para nos comerem

301.1.2 Do Contas Abertas – 1
A Presidência da República vai gastar R$ 10.200,00 na compra
de 120 conjuntos com seis porta-guardanapos de prata cada. Os
itens de luxo têm formato de argola e fazem parte de uma compra
que inclui utensílios diversos para copa, cozinha e banheiro da
Residência Oficial do Palácio da Alvorada e da Residência Oficial
do Torto.
Do Contas Abertas – 2
A compra também inclui 20 facas, sendo metade para cortar
legumes e outra metade para filetar, 12 frigideiras, seis assadeiras
grandes, 40 açucareiros, 24 galheteiros de cristal e dois maçaricos,
que sairão por R$ 17.000,00.

3 comentários sobre “Compras de Governo: garfos, facas, panelas, para nos comerem

  1. MICHELE CONSOLMAGNO 30 de junho de 2014 / 14:56

    O antecessor “levou” onze containers na saída. Se seguir o exemplo vai se “apropriar” de tudo e mais um pouco.

    Curtir

  2. Mario Rossetto 2 de julho de 2014 / 12:10

    A questão cruciante é
    1 – fazer essas informações chegarem aos 50 milhões de teúdos e manteúdos;
    2 – convencer esses de que são roubos e que eles também são vítimas;
    3 – mostrar a eles que existem opções melhores que seu “conforto” miserável;
    4 – tirá-los da letargia e convencê-los a escolher melhores candidatos, não acreditar em mentiras, calúnias, etc.
    5 – fazê-los votar em pessoas decentes (ou, pelo menos, mais decentes…).
    Infelizmente não faço a menor ideia de como fazer isso!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.