Mais uma análise de Cesar Maia. Desta vez sobre o NV, o Não-Voto, brancos, nulo e abstenção

fonte: ex-blog de Cesar Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro e analista político

 tourner_en_rond_chat

BRANCOS, NULOS E ABSTENÇÃO EM 2014! QUEM GANHA? QUEM PERDE?

1. De longe, o que mais impacienta os candidatos em todos os níveis em 2014 é a quanto vai somar o Não-Voto (NV), ou seja, a proporção de votos brancos, nulos e abstenção. Em média o NV tem alcançado 25% no Brasil, uns Estados a mais e uns Estados a menos.

2. Admitamos -apenas por hipótese- que o NV possa subir para 35%. A primeira dedução é quanto à eleição presidencial. Dilma vai carregando seus 43% de intenções de votos nas pesquisas, aliás, o mesmo patamar das eleições de 2002, 2006 e 2010 sobre votos totais.

3. Supondo a mesma distribuição que a anterior, entre abstenção, brancos e nulos. Para vencer no primeiro turno, Dilma precisaria alcançar 47% incluindo os brancos e nulos. Com o aumento do NV, estes 47% caem para o entorno destes 43% que Dilma tem em pesquisas. Conclusão apressada: isso interessa a Dilma.

4. Apressada porque depende das áreas de concentração desse aumento do NV. Apenas como exemplo, se ocorrer em áreas de menor renda ou no Nordeste, o maior NV vai afetar negativamente Dilma. Mas se ocorrer principalmente em áreas de classe média mais alta, ou nos Estados do Sudeste-Sul-Centro-Oeste, os maiores prejudicados serão Aécio e Eduardo Campos e Dilma ganharia no primeiro turno,

5. Como conclusão, a campanha dos presidenciáveis deve incluir a chamada às urnas em suas áreas mais fortes de voto. Ou seja, o uso da TV eleitoral não resolve por ser nacional, a menos que o TSE autorize a regionalização da TV. Aqui, a internet pode ajudar por ser uma comunicação focalizada.

6. O mesmo raciocínio se aplica nas eleições dos governadores, apenas adaptando o cenário nacional descrito acima para cada cenário estadual.

7. Em relação aos deputados estaduais e federais, o aumento do NV tem como efeito imediato a redução dos votos de legenda. Um exemplo. Se para eleger um deputado eram necessários 100 mil votos, a legenda cairá para 90 mil. Isso é bom para quem? Claro, para os mais votados. Os que têm menos votos se iludem que esta redução os beneficia. Lembrem: o número de deputados eleitos por Estado será o mesmo.

8. Finalmente, entre os deputados, quais se beneficiam e quais são prejudicados? Outra vez, depende do perfil de voto do aumento do NV. A concentração numa sub-região, ou num perfil de eleitor, prejudicará os que têm voto aí.

9. É provável, que aqueles que protestam nas ruas ou se incorporam a elas virtualmente sejam os mais propensos a não votar ou anular o voto. Se for assim, os prejudicados serão -paradoxalmente- exatamente os candidatos a deputado que mais se envolveram e mais estimularam as manifestações.

10. As pesquisas eleitorais contratadas pelos partidos e candidatos deveriam passar a incluir as decisões de NV e, assim, orientar os candidatos em todos os níveis e regiões.

2 comentários sobre “Mais uma análise de Cesar Maia. Desta vez sobre o NV, o Não-Voto, brancos, nulo e abstenção

  1. KÁROLY FERENC HALÁSZ 21 de fevereiro de 2014 / 14:38

    SE AS URNAS ELETRÔNICAS NÃO SÃO CONFIÁVEIS, PELA POSSIBILIDADE DE FRAUDES, SE OS POLÍTICOS NÃO TEM CREDIBILIDADE, SE OS CANDIDATOS DE CAPACIDADE, COMPETÊNCIA E MORALIDADE NÃO TEM ACESSO, E AS DISPUTAS ELEITORAIS NÃO TEM TRANSPARÊNCIA, COMO É QUE SE VAI VOTAR? MELHOR VOTAR NULO, PARA NÃO DAR VOTO ÀS NULIDADES, CERTO?

    Curtir

  2. jomabastos 22 de fevereiro de 2014 / 8:33

    Em minha opinião nenhuma das pesquisa é confiável, mas deveriam incluir a abstenção (para mim a abstenção é a soma dos votos brancos, nulos e a atual dita abstenção)
    Pelas pesquisas já efetuadas parece que cerca de um terço dos brasileiros não tem interesse em votar. Será pela credibilidade transmitida nas paupérrimas atuações dos atores do atual panorama político nacional? Muito provavelmente que sim, mas também pela falta de confiabilidade nos candidatos pré-presidenciais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.