Estranho. Sempre ouvi dizer que cerveja e leite é união do mal, e a indútria quer misturar? Urghh.

GAROTO BUNDINHASem aditivos

Sem perspectiva de análise

A Anvisa demonstrou essa semana que não deverá analisar tão cedo um pleito considerado prioritário para indústria etílica: a permissão para fabricantes incluírem mel e leite na composição das cervejas à venda no Brasil. A proposta é tida como temerária pelos técnicos da agência, que a enxergam como uma cartada potente para atrair o público jovem.

A Anvisa divulgou sua agenda regulatória, documento contendo os pontos considerados mais urgentes para serem analisados até o fim do ano que vem. Ao contrário do que esperava o empresariado do setor, o pedido de autorização para uso de aditivo nas cervejas, como mel e leite, não aparece nos tópicos da agenda. O tema, se for tratado, está longe de ser prioridade.

FONTE: COLUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim

Caso Glauco:Assassino é tido como inimputável… E o amigo dele, o tal Felipe Iasi, ficou de bobo na história. Hummm…

Ah, legal.

Então o tal Cadu é doido. Não responde pelos atos, tais como  arumar um revóver, tramar tudo, pegar um cristo, babaca amigo, para dirigir o carro, ir lá no sítio, matar Glauco e o filho, fugir, e aind dar tiros num policial de fronteira…

Ah, então tá…

dããããã...eu sou doido...

MATÉRIA DO G1 – www.g1.com.br

 

Acusado de matar cartunista não responde por seus atos, diz laudo

Exame psiquiátrico afirma que Cadu é inimputável e sofre de esquizofrenia.
Jovem é acusado de assassinar a tiros Glauco e o filho dele Raoni.

Kleber Tomaz Do G1 SP

Carlos Eduardo Nunes logo após ser preso, em marçoCarlos Eduardo Nunes logo após ser preso, em
março (Foto: Reprodução/TV Globo)

Laudo feito por uma equipe de psiquiatras e psicólogos em Curitiba constatou que Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, que confessou ter atirado e matado o cartunista Glauco e seu filho Raoni em 12 de março deste ano em Osasco, na Grande São Paulo, sofre de doença mental, portanto é inimputável, ou seja, ele não pode ser penalizado criminalmente porque não tem condições de responder por seus atos. O resultado do exame de “incidente de insanidade mental” deu positivo e constatou que o jovem de 24 anos sofre de esquizofrenia, segundo apurou o G1.

No documento, os peritos ainda recomendam que Cadu seja submetido a tratamento da doença mental por uma equipe médica especializada em hospital psiquátrico de custódia. O resultado do laudo foi encaminhado nesta semana para apreciação do juiz federal Mateus de Freitas Cavalcanti Costa e do procurador da república Alexandre Halfen, ambos de Foz do Iguaçu (PR).

Foi para Foz do Iguaçu que Cadu fugiu de carro dois dias após matar Glauco e Raoni em Osasco. Ele tentava atravessar a fronteira do Brasil com o Paraguai, quando  trocou tiros com policiais rodoviários federais, ferindo um deles. Por esse motivo, todo o processo do homicídio que corria na Justiça paulista foi  avocado pela Justiça Federal do Paraná. O Ministério Público Federal também denunciou Cadu por por tentativa de homicídio do policial.

Em seu despacho do dia 30 de novembro, o juiz Freitas Cavalcanti determinou que o laudo fosse remetido para análise do Ministério Público Federal. Segundo a assessoria de imprensa do MPF, o procurador Halfen não quis comentar o assunto. Já a assessoria da Justiça Federal informou que o juiz prefere não se manifestar.

Transferência
A reportagem procurou a defesa de Cadu para comentar o despacho do juiz e o resultado do laudo que constatou a inimputabilidade de seu cliente “Ele deve ser submetido a uma medida de segurança. Tem necessidade de tratamento imediato. A defesa pede para ele ser transferido para um hospital de custódia”, afirmou o advogado Gustavo Badaró, nesta sexta-feira (3).

O defensor quer que Cadu deixe o presídio federal de segurança máxima em Catanduvas, também no Paraná, onde ele está preso preventivamente. O juiz do caso ainda não se pronunciou sobre o pedido feito pela defesa do acusado para que ele vá para um hospital.

Pela lei, como o laudo informa que Cadu não responde totalmente por seus atos, ele não iria para um presídio comum para cumprir pena restritiva de liberdade numa eventual condenação. Em termos técnicos, ele sofreria uma “absolvição imprópria” na Justiça porque tem problemas psiquiátricos. Nesse caso, ele poderia ir para um hospital psiquiátrico em cumprimento à medida de segurança e internação. Por lei, o tempo máximo de permanência em um manicômio judiciário é de três anos, mas existe a possibilidade de prorrogação desse período. Se Cadu fosse condenado criminalmente, ele poderia pegar até 60 anos de prisão.

Cadu foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por duplo homicídio e pela Procuradoria paranaense por resistência à prisão e tentativa de homicídio.

O crime
Em depoimento à polícia, Cadu confessou o crime. Laudo toxicológico feito no acusado deu positivo para maconha. “Ele entrou em surto psicótico”, chegou a dizer o pai de Cadu, Carlos Grecchi Nunes, em entrevista após o crime. Ele afirmou que o filho havia desenvolvido esquizofrenia, que piorou após ele frequentar os cultos de Santo Daime, na chácara de Glauco em Osasco. O cartunista era o líder espiritual da igreja Céu de Maria.

Em depoimento ao delegado que cuida do caso, na sede da Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná, Cadu confessou o crime e afirmou que acabou “com a própria vida” ao cometer os assassinatos. Ele contou que comprou a arma usada no crime e munição na periferia de São Paulo. O plano inicial era sequestrar o cartunista Glauco e levá-lo até sua mãe.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito disse que, para ele, Glauco era um representante de São Pedro. O cartunista também deveria dizer para a mãe do rapaz que seu filho era Jesus Cristo.

O rapaz também inocentou o amigo Felipe Iasi, de 23 anos, responsável por levá-lo até a chácara e acusado de ter auxiliado Cadu na fuga. Iasi chegou a dizer que foi obrigado a dirigir. “Eu estava sob a mira de uma arma. Não sabia onde eu estava, o que estava acontecendo, o que ele queria ali.”

Gente, agora olha essa!É sério. Descobriram o que é que o grilo tem. Testículos, os maiores do mundo, pela proporção…

Grilo é espécie com maiores testículos do mundo

 Pesquisa de Cambridge aponta que espécie de inseto tem os maiores testículos em relação à massa corporal

por Redação Galileu

Cientistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, identificaram uma espécie de grilo como sendo o animal com os maiores testículos em relação à massa corporal.

Segundo os pesquisadores, que fizeram o estudo em conjuto com cientistas da Universidade de Derby, também na Inglaterra, os testículos dos grilos da espécie Platycleis affinis correspondem a 14% da massa corporal do animal.

O animal com o segundo maior testículo em relação à massa corporal é a Drosophila bifurca, uma mosca de fruta cujos testículos equivalem a 10,6% de sua massa.

 

Pesquisador Karim Vahed exibe grilo e tamanho dos testículos em relação ao corpo do inseto

Karim Vahed, biólogo líder da pesquisa, afirma que ficou surpreso com os resultados do levantamento. “Não pude acreditar no tamanho desses órgãos”, disse ele, em referência aos testículos do grilo. “Eles pareciam preencher todo o abdômen”, completou.

A equipe de Vahed analisou mais de 21 espécies de grilos e concluiu que os testículos eram proporcionalmente maiores nas espécies em que as fêmeas acasalavam com mais de um macho. A fêmea da espécie Platycleis affinis, por exemplo, acasala com 23 machos diferentes ao longo da sua vida adulta, que dura apenas dois meses.

Tradicionalmente, é seguro afirmar que quando as fêmeas são promíscuas, os machos têm testículos maiores para oferecer um grande número de espermatozóides para competir com outros machos. Segundo Vahed, no entanto, o grilo da espécie Platycleis affinis contraria essa regra e produz menos espermatozóides por ejaculação.

“Nosso estudo mostra que temos que repensar essa suposição. Parece que os testículos podem ser grandes simplesmente para permitir que os machos possam acasalar várias vezes sem que suas reservas de esperma se esgotem”, explicou o comunicado emitido pelos cientistas

FONTE: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI186694-17770,00-GRILO+E+ESPECIE+COM+MAIORES+TESTICULOS+DO+MUNDO.html

 

Depois daquela que botou fogo em sua própria casa por causa de uma perereca, mulher surta e põe fogo em motel. Veja só.

Um dia de fúria!

Mãe de santo surta e põe
fogo em motel em Franca

Antes disso, ela foi parada em um comando de trânsito com um travesti e sem os documentos da moto

Renê Moreira

Quem acreditava que o dia de fúria da instrutora de auto-escola de Franca se resumiu à terça-feira (09/11), quando ela foi parar três vezes na delegacia de polícia após protagonizar situações absurdas, estava enganado. Como continuou em liberdade, nesta quarta-feira (10/11) ela se superou e agitou os meios policiais com três novas confusões ainda mais inacreditáveis. A diferença é que, enfim, acabou presa e terá um tempo para se acalmar até retornar às ruas.

Os novos ataques da mulher, das iniciais L.F.P.B., de 33 anos, e que se diz mãe de santo, incluíram ameaças a uma cunhada, passeio de moto em alta velocidade com um travesti e fogo a um motel. E tudo isso nesta quarta-feira, contabilizando seis ocorrências em menos de 48 horas.

O novo dia de fúria começou ainda no início da madrugada quando a mulher foi à casa da cunhada e armou um grande barraco. Vizinhos contaram que ela ficou um bom tempo buzinando, xingando e chutando latas na frente do imóvel. O motivo seria a recente separação do marido, que ela estaria atribuindo culpa à irmã dele. Mas a polícia foi acionada e ao avistar a viatura a acusada fugiu rapidamente.

Não demorou muito, porém, e ela surgiu outra vez. Já era dia quando foi vista pilotando sua motocicleta em alta velocidade pelas ruas da vila São Sebastião, tendo na garupa um travesti com trajes mínimos. Acabou parada numa operação policial e estava sem os documentos do veículo. Foi advertida, mas liberada porque providenciou a documentação.

Finalizado o passeio o dia ainda não havia terminado, então para fechar com chave de ouro a mulher se dirigiu a um motel. De imediato adquiriu vários produtos no sex shopping no estabelecimento e se trancou no quarto. Mas a calmaria não durou muito, pois algum tempo depois ela ligou para a recepção falando que ia quebrar tudo e botar fogo no motel.

A recepcionista não acreditou muito, mas para não deixar dúvidas pediu que funcionários ficassem de olho no quarto. Foi quando eles viram que fumaça saía debaixo da porta e resolveram entrar. O fogo, que já tomava conta de parte do imóvel, foi contido e a acusada salva por pouco, sendo cobertores usados para retirá-la do local.

Mais uma vez na delegacia, a sexta em menos de 48 horas, a mulher enfim acabou levada para a cadeia pública de Franca. Mas isso porque não tinha os R$ 350 arbitrados de fiança pelo delegado de plantão. De todo modo, além de presa, a mulher pode ter problema em relação à guarda dos filhos, de 6 e 11 anos. Eles foram localizados na casa de uma vizinha e estão sendo acompanhados pelo Conselho Tutelar.

Um dia após o outro

Quem achou agitada a quarta-feira da instrutora de auto-escola que acabou presa, pode se surpreender ao recordar do dia anterior. Conforme noticiado pelo Cosmo, a mulher fez sua primeira investida ainda na terça-feira, quando também ilustrou o noticiário policial três vezes.

Primeiro ela entrou em uma loja de conveniência de um posto, comeu, bebeu, abriu várias garrafas de bebidas importadas e tentou sair sem pagar. Levada à delegacia a mulher, alegou ser mãe de santo e que estaria oferecendo a bebida para seus guias espirituais. Fez um acordo para pagar a conta e foi liberada.

Depois disso, pilotando uma motocicleta tentou atropelar uma estudante de 15 anos. A garota diz que levou dela uma ‘cantada’, não gostou e foi perseguida até o pátio da escola. No local outras estudantes tentaram defender a colega, assim como uma coordenadora e uma professora, gerando uma briga generalizada.

Novamente na delegacia, a mulher foi ouvida, negou gostar do sexo feminino e ter assediado a aluna, sendo novamente colocada em liberdade. Mas não demorou muito e ela mais uma vez se viu às voltas com a polícia ao invadir uma mercearia e quebrar várias garrafas de cerveja novamente em um surto espiritual.

FONTE: COSMO ON LINE

http://cosmo.uol.com.br/noticia/67577/2010-11-11/mae-de-santo-surta-e-poebr-fogo-em-motel-em-franca.html