#ADEHOJE – UM MASSACRE. E DECLARAÇÕES SEM SENTIDO NOS ATACAM. A TODOS

#ADEHOJE – UM MASSACRE. E DECLARAÇÕES SEM SENTIDO NOS ATACAM. A TODOS

SÓ UM MINUTO – Já sei que vou receber aquelas mensagens super “elegantes”, que vão me xingar de um tudo, mas o papel da imprensa é alertar, denunciar, cutucar. Não bastasse a tristeza e perplexidade por um massacre dessa magnitude ter ocorrido, estamos sendo massacrados mais ainda por declarações disparatadas de quem deveria, no mínimo, zelar pelo bom senso. Mas eles estão indo ladeira abaixo. E não nos levarão. O tal senador Major Olímpio falou que os professores deveriam estar armados. O presidente diz que dorme com arma debaixo do travesseiro. Mas quase foi morto por uma faca, e no meio da rua. Os filhotes do Capitão continuam propondo que a população se arme. Um deles criticou o estatuto do desarmamento. De onde saíram essas bestas? Quem as educou? Ah, verdade! Já sei.

AH! UM ANO! MARIELLE AUSENTE. QUEM MANDOU MATAR?

#ADEHOJE -MARIELLE PRESENTE. DOIS SÃO PRESOS POR ASSASSINATO. QUEM MANDOU MATAR?

#ADEHOJE -MARIELLE PRESENTE. DOIS SÃO PRESOS POR ASSASSINATO. QUEM MANDOU MATAR?

Só um minuto – Na próxima quinta-feira se completa um ano do bárbaro assassinato da vereadora carioca Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes. Hoje logo na madrugada foram presos duas pessoas acusados de ser os executantes do crime. Ainda falta descobrir quem mandou, por que mandou matar e os meandros do crime. Os presos, o policial reformado Ronnie Lessa, 48, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46, foram alvos da Operação Lume, realizada em conjunto pela Polícia Civil com o MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro. Um é apontado como autor dos disparos; o outro estaria na direção do carro dos assassinos.

Uma curiosidade é que Ronnie Lessa era vizinho de Jair Bolsonaro, tem casa no mesmo condomínio do presidente na Barra da Tijuca. Apenas uma curiosidade.

Continuo chamando sua atenção para os ataques desleais que vem sendo desferidos contra a imprensa pelo grupo mais radical ligado ao presidente.

Um ano se passou e nada. Eles todos aí, olhando nossa cara ( e rindo muito dela )

cake2 anniv_036Um ano de impunidade

Amanhã será dia de festa para os amigos de Carlinhos Cachoeira e de sua quadrilha: completado um ano da prisão do bicheiro mais bem relacionado da República – 29 de fevereiro de 2012 – os parlamentares e governadores citados no relatório da Polícia Federal continuam vagando livre e soltos.

As sindicâncias contra Stepan Nercessian, Sandes Junior e Rubens Otoni foram arquivadas na Corregedoria da Câmara. Protógenes Queiroz saiu ileso do Conselho de Ética. O processo de Carlos Leréia ainda não foi concluído. Apenas Demóstenes Torres perdeu o mandato, mas está longe de uma condenação.

Os governadores, então, possivelmente nem lembram dos apuros vividos à época da CPI de Cachoeira – que, diga-se, terminou sem indiciar ninguém. Marconi Perillo, Agnelo Queiroz, Siqueira Campos e o parceiro de Fernando Cavendish, Sérgio Cabral, seguem governando, como se nada tivesse acontecido.

FONTE: COILUNA RADAR – VEJA ONLINE – Por Lauro Jardim