#ADEHOJE, #ADODIA – O NOSSO AO REDOR

#ADEHOJE, #ADODIA – O NOSSO AO REDOR

 

 

 

FICAMOS IMPLICANDO UNS COM OS OUTROS E ESQUECEMOS DE CUIDAR DO PRINCIPAL. NOSSO AO REDOR. TRAGÉDIAS COMO A DE NITERÓI E A ENCHENTE EM CARAGUATATUBA NOS FAZEM LEMBRAR DE OUTRAS. MAS PRECISAMOS ESTAR SEMPRE MUITO ATENTOS AO NOSSO REDOR, PORQUE A ZELADORIA DAS CIDADES ESTÁ PÉSSIMA. AQUI EM SÃO PAULO, CIDADE ÀS TRAÇAS. CONVIDO PARA ADERIREM À MINHA CAMPANHA #ARVORENAOÉLIXEIRA. JÁ SALVEI ALGUMAS. APROVEITA O DOMINGÃO E VÊ O QUE PODE AJUDAR A MELHORAR

 

Anúncios

#ADEHOJE, #ADODIA. SENSAÇÕES. DE QUE O TEMPO PASSA COM TUDO IGUAL E OS SOPROS DOS TRÊS FILHOS DO CAPITÃO

#ADEHOJE, #ADODIA. SENSAÇÕES. DE QUE O TEMPO PASSA COM TUDO IGUAL E AGORA, COM OS SOPROS DOS TRÊS FILHOS DO CAPITÃO

 

Mais um dia em que a gente acorda ouvindo falar em Operação da PF com nome esquisito prendendo os mesmos de sempre, alguns novos, e até quem está já preso. Não para. Não acaba. Também não acabamos malucos armados, seja com faca, facão, pistola, fuzil, matando matando, matando em todo o mundo. E para piorar, os três filhinhos do papai que ainda nem tomou posse. Metem o bedelho em tudo com suas opiniões e ignorâncias. Era mesmo o que nos faltava, os Três filhos do Capitão. Isso vai dar HQ

 

#ADEHOJE, @ADODIA. MORO PONTUA COM PONTO E VÍRGULA AS SANDICES QUE NOS INCOMODAM. ISSO É BOM.

#ADEHOJE, @ADODIA. MORO PONTUA COM PONTO E VÍRGULA AS SANDICES QUE NOS INCOMODAM. ISSO É BOM.

 

 

Na longa entrevista que concedeu nesta terça-feira, o juiz Sergio Moro, futuro Ministro da Justiça do Governo Bolsonaro respondeu a muitas questões sobre fatos que nos atormentam das frases ditas pelo clã Bolsonaro. Para o juiz é fundamental a lei, a justiça para manter a democracia, os direitos das minorias e para tomar as melhores decisões. Muito bom, se for verdade. Ele botou uma vírgula e uns pontos no discurso ainda atabalhoado do futuro presidente.

 

#ADEHOJE, #ADODIA. CONSTITUIÇÃO, 30 ANOS. FESTA E RECADOS PARA TODOS OS LADOS

#ADEHOJE, #ADODIA. CONSTITUIÇÃO, 30 ANOS. FESTA E RECADOS PARA TODOS OS LADOS

 

HOJE TEVE FESTA NO CONGRESSO NACIONAL. 30 ANOS DA CONSTITUIÇÃO, COM A PRESENÇA DOS TRÊS PODERES. E QUEM JÁ FOI PRESIDENTE, QUEM É PRESIDENTE, QUEM SERÁ PRESIDENTE. NÃO FALTARAM RECADOS PARA JAIR BOLSONARO QUE, EM CURTO DISCURSO DE IMPROVISO, ASSINOU EMBAIXO QUE VAI CUMPRIR AS REGRAS. O MELHOR DISCURSO, SEM DÚVIDAS, FOI O DE RAQUEL DODGE, A ÚNICA MULHER NA MESA, E A ÚNICA QUE LEMBROU DA IMPORTÂNCIA DO RESPEITO AO PRIVADO, AOS COSTUMES E À LIBERDADE

#ADODIA, #ADEHOJE. É GUERRA? BOLSONARO SAIU NA FRENTE, ATIRANDO

No #ADEHOJE, a conversa é sobre o que está parecendo uma guerra muito particular. Bolsonaro X PT. Que não saiam fagulhas que nos atinjam. Não temos nada com isso. Bolsonaro atirou primeiro e acertou na mosca

ARTIGO – Moro, na marra, morou? Por Marli Gonçalves

Morou? ( entendeu, compreendeu, manjou, sacou, apreendeu, atinou, captou, percebeu? ) Já fui logo correr atrás de uma gíria bem de época para poder combinar com o climão geral. É uma brasa, mora! Ele já deu entrevista dizendo com todas as letras que jamais seria político, mas voltar atrás no que já se disse, e esquecer o que se escreveu ou prometeu, é praxe por aqui, e ele não será mesmo nem o primeiro nem o último. Como se moverá Sergio Moro nesse tabuleiro?

Resultado de imagem para TEIA

 

Não aguentei o ar de suspense em torno da decisão do juiz Sergio Moro de aceitar ser o xerife do novo Governo Bolsonaro, ops, aceitar ser o Super Ministro da Justiça + Segurança Pública + Funai + CADE + PF + uma penca de órgãos. É de um amigo a melhor definição sobre o fascínio e atração do poder: a limusine na porta. Essa limusine veio caprichada, com o tanque de combustível tão cheio que pode chegar até a próxima eleição, daqui a quatro anos. Se não for abalroada, porque também pelo que assistimos não faltarão inimigos, que esse povo é mesmo uma brasa, mora!

Primeiras sugestões: tirem os espelhos das salas. Comprem paletós para os egos. Aumentem as soleiras das portas. Não bebam nada que oferecerem. Não aceitem bombons de estranhos. Rezem. Depois penso outras formas de sobrevivência no habitat Bolsonariano.

Mas tudo vai depender de tudo, morou? Primeiro de não ocorrer nenhum pega interno, por exemplo, com o astronauta Marcos Pontes, que deve estar se mordendo todo. Indicado Ministro da Ciência e Tecnologia, despencou do noticiário assim que o Moro apenas informou que iria se encontrar com Bolsonaro para conversar e decidir. E logo já chegou ao Rio de Janeiro com uma nota oficial prontinha no bolso do paletó. Prevenido, esse juiz.

Imaginem a ciumeira geral e aquele certo temor. Afinal, ninguém sabe ao certo a dimensão de tudo o que o paladino juiz sabe, ouviu, leu, guarda na toga, esconde atrás do sorriso enigmático.

De um lado cartada de mestre de Bolsonaro – “mito” atrai “mito” para perto de seu controle – não consigo deixar de pensar, porém, que também ele arrumou uma boa sarna para se coçar, abriu a porta de casa ao único e maior rival que poderia ter nesse momento. O povo brasileiro resolveu acreditar que existe e sair atrás de seres novos para arrumar os trilhos.

Ao mesmo tempo, também muito espertamente, com Moro, Bolsonaro alivia as próprias costas, divide as responsabilidades.

Heróis, paladinos, donos da verdade no Céu e na Terra, concentração de poderes, emissão contínua de motes religiosos, juntando gente certinha, aparadinha, tradicional. O momento que se espalha pelo país é masculino, branco, cara lavada, usa cashmere jogado nos ombros, passa gel no cabelo, adora uma camisa branca engomada, um terno cinza mal cortado. Não tem brinquinho, barba, nem tatuagem, rabo-de-cavalo e tiara, então nem pensar. A República agora é “Barra da Tijuca”, classe média, zóio azul, vai em outro hospital, e até o time para o qual torce não tem só preto e branco.

man_hampsterÉ aguardar no que vai dar, e logo, o que vai mudar até na moda e costumes que espalharão. Não será uma revolução nem um golpe. Dois meses até a posse e ainda muita água pra rolar debaixo das teias que Bolsonaro planeja montar e que já atraem as moscas azuis.

Está tudo tão rápido que até resolvi fazer e convido você a participar: um programinha – faço gravações quase diárias #ADEHOJE, #ADODIA, em vídeos curtos e naturais de conversa ou mesmo desabafo sobre as incertezas do momento e o nosso inabalável otimismo e vontade de que as coisas deem certo, mesmo quando ficamos com os dois pés atrás. Nas redes sociais, Facebook, Instagram, no YouTube, no site e no blog. Me acha, vai!

_____________________________________________

Marli Gonçalves, jornalistaA gente precisa ficar conversando o tempo inteiro, para ninguém dormir no ponto.

Brasil, Final de 2018, na organização para andar

 

—————————————————-

ONDE ME ENCONTRAR:

marligo@uol.com.br  e marli@brickmann.com.br

https://www.facebook.com/BlogMarliGoncalves/

https://www.instagram.com/marligo/?hl=pt-br

www.chumbogordo.com.br

https://marligo.wordpress.com

https://www.youtube.com/channel/UCC-sDrkeHk5KRijJ6eESqfQ/featured?view_as=subscriber

#ADeHoje #ADoDia. Vem comigo? Vem Comigo!

A de hoje. A do Dia

A partir de agora, tenho certeza de que todos os dias seremos presenteados com notícias alarmantes, declarações estapafúrdias, decisões claudicantes. A partir de agora o país viverá mais momentos de discórdia e divisão; ficará mais algum bom tempo tateando, e o que é pior – se ocorrer o que tanto tememos – em uma perigosa escuridão de bom senso.

Assim, a partir de agora, todos os dias, a qualquer hora, a que der, vou gravar pra esse canal que acabo de estabelecer.

Não, não será só sobre política, mas sobre comportamento, acontecimentos, peripécias da oposição.

A de Hoje é geral – pode falar de moda, a de hoje; de economia, a de hoje; de tendências, a de hoje.

A DE HOJE É UM DIA ATRÁS DE OUTRO. ESSES DIAS QUE PASSAM RÁPIDO DIANTE DE NOSSOS OLHOS E PÉS.