#ADEHOJE – NINGUÉM SABE O QUE FAZER COM A VENEZUELA. VEIAS FECHADAS NA AMÉRICA LATINA

#ADEHOJE – NINGUÉM SABE O QUE FAZER COM A VENEZUELA. VEIAS FECHADAS NA AMÉRICA LATINA

 

Só um minuto – Vamos falar a verdade: ninguém sabe mais o que fazer com a Venezuela. Os fatos se anteciparam com a autoproclamação de Juan Guaidó como presidente, sem que o Maduro queria sair da cadeira onde se aboletou. A ajuda humanitária foi um bom pretexto, mas pelo que já vimos esse final de semana, não vai dar certo nem será fácil essa entrega do outro lado, pelo Brasil, ou pela Colômbia. Os Estados Unidos provocam, mas não aparecem para segurar os estragos. Muito menos a Rússia.

Perdemos hoje Roberto Avallone, jornalista esportivo que todos conhecem, Ex-companheiro de redação no Jornal da Tarde. Siga na luz.

SE A MODA PEGAR AQUI….Carro estacionado na calçada fica roxinho, roxo, com a ajuda dos prejudicados

FONTE: www.espacovital.com.br

Pintura roxa em BMW estacionada irregularmente sobre a calçada

(19.10.11)

Reprodução – Metro, UK

Irritados com um motorista que, no domingo, estacionou sua BMW de forma irregular em Veliky Novgorod, na Rússia, um grupo de transeuntes pintou o veículo de roxo.

O carro – de propriedade de um milionário russo – estava parado sobre a calçada, atrapalhando o acesso dos moradores. As informações são do jornal “Komsomolskaya Pravda”.

Tentativas foram feitas antes para localizar o proprietário do carro, mas elas foram infrutíferas. Moradores da rua e transeuntes, então, concitaram pintores que trabalhavam numa obra nas proximidades a que todos, em conjunto, aplicassem uma punição: pintar o carro do infrator.

Em uma loja próxima foi comprada uma lata de tinta plástica (PVC), roxa clara, solúvel em água.  Todos se comprometeram, entre si, que individual e coletivamente assumiriam eventuais responsabilidades se o caso tivesse desdobramentos policiais e/ou judiciais.

A polícia chegou a ser chamada depois que a pintura fora consumada e um porta-voz afirmou que não houve reclamações sobre a nova pintura. Testemunhas disseram no dia seguinte que o carro permaneceu no local todos o domingo, sendo retirado pelo proprietário durante a noite.

A pintura aplicada é removível. Mas o proprietário da BMW vai, no mínimo, ter que pagar um polimento.
Veliky Novgorod  é uma cidade situada a 155 km a sudeste de São Petersburgo e a 552 km a noroeste de Moscou. Capital do Estado de Óblast,  tem cerca de 232 mil habitantes.