#ADEHOJE – GRANDES PERDAS DE NÓS TODOS. EXIGIMOS RESPEITO

#ADEHOJE – GRANDES PERDAS DE NÓS TODOS. EXIGIMOS RESPEITO

SÓ UM MINUTO – Semana esquisita, como têm sido nossas semanas. Nesta, a perda de grandes nomes da música, Beth Carvalho, e do Teatro, Antunes Filho. E a bobageira das redes sociais continua solta, com críticas absurdas até aos sentimentos que temos com relação aos grandes mestres. É um tal de criticar o pensamento político, de desmerecer os grandes feitos, de tentar exterminar a cultura e a educação de nosso povo. O que está acontecendo? Temos de deter esse avanço da ignorância, de qualquer forma.

Na Venezuela, ampliam-se as dúvidas de como será o desfecho da queda de Maduro. Cinco mortos nas manifestações dessa semana.

 

#ADEHOJE – NO QUE VAI DAR? NO QUE TUDO VAI DAR?

#ADEHOJE – NO QUE VAI DAR? NO QUE TUDO VAI DAR?

SÓ UM MINUTO – Hoje acordei cheia de dúvidas, que divido com vocês. Não sei se pensam sobre essas coisas. Fico vendo a Venezuela em conflito e não sei até que ponto isso nos afetará se agravar mais ainda. Agora, Guaidó propõe greve geral. Por aqui: o que vai dar a tal reforma da previdência? Até que ponto poderemos suportar as idiossincrasias de alguns ministros, as bobeiras dos Filhos do Capitão, e as declarações estapafúrdias do presidente? Vejo mais amigos indo embora do país e isso me deixa angustiada. #prontofalei

O que perguntar?
Por debates mais abertos

#ADEHOJE – – VENEZUELA EM CHAMAS.  E A PROPOSTA DE FAROESTE AQUI

#ADEHOJE – – VENEZUELA EM CHAMAS. E A PROPOSTA DE FAROESTE AQUI

SÓ UM MINUTO – Desde cedo Caracas, a capital da Venezuela, está em polvorosa. Juan Guaidó tenta outra investida como “presidente autoproclamado”. A situação está confusa, os países que apoiam um e outro lado estão em alerta. EUA apóia abertamente; Brasil se diz solidário. Por enquanto China, Rússia e Cuba – apoiadores de Maduro- aguardam os acontecimentos.

Mas nada disso é tão grave quando a estúpida proposta de Bolsonaro de liberar armas e o ataque de proprietários rurais a quem quiser. Na verdade, os caras podem matar e depois dizerem que eram invasores. É para a gente ficar muito preocupado mesmo com o festival de tosquices, apelos à violência sexual e pessoal, ignorâncias que assistimos. Ainda inertes?

#ADEHOJE – ACABOU O MÊS. GAIDÓ ENTRE NÓS. E TUDO NA MESMA

 

#ADEHOJE – ACABOU O MÊS. GAIDÓ ENTRE NÓS. E TUDO NA MESMA

 

SÓ UM MINUTO – Acabou. Já acabou o mês de fevereiro e a gente continua igual que nem, tudo parado, esperando o Carnaval passar. Ou a Páscoa, ou o próximo Natal, talvez? Ou mais tragédias, decisões ministeriais absurdas, vaivéns? Até quando? Lá veio PIBinho de 1.1%. Vergonhoso para um país com essas dimensões e riquezas, mas atacado pela ignorância e gestão de quinta categoria. O país do futuro que nunca chega.

Juan Guaidó está aqui no Brasil para uns encontros e, talvez, para ver se consegue voltar à Venezuela por aqui. A grande tensão do momento é como será esse retorno, já que Maduro diz que, se ele voltar, será preso. A gente se preocupa com o nosso, com o dele, com o país de todos, que a coisa está esquisita para todos os lados. Agora tem pendenga também entre a Índia e o Paquistão. E explosiva, já que são potências nucleares.

#ADEHOJE – NINGUÉM SABE O QUE FAZER COM A VENEZUELA. VEIAS FECHADAS NA AMÉRICA LATINA

#ADEHOJE – NINGUÉM SABE O QUE FAZER COM A VENEZUELA. VEIAS FECHADAS NA AMÉRICA LATINA

 

Só um minuto – Vamos falar a verdade: ninguém sabe mais o que fazer com a Venezuela. Os fatos se anteciparam com a autoproclamação de Juan Guaidó como presidente, sem que o Maduro queria sair da cadeira onde se aboletou. A ajuda humanitária foi um bom pretexto, mas pelo que já vimos esse final de semana, não vai dar certo nem será fácil essa entrega do outro lado, pelo Brasil, ou pela Colômbia. Os Estados Unidos provocam, mas não aparecem para segurar os estragos. Muito menos a Rússia.

Perdemos hoje Roberto Avallone, jornalista esportivo que todos conhecem, Ex-companheiro de redação no Jornal da Tarde. Siga na luz.

#ADEHOJE – VENEZUELA É MAIS UMA PREOCUPAÇÃO, E URGENTE

#ADEHOJE – VENEZUELA É MAIS UMA PREOCUPAÇÃO, E URGENTE

 

Só um minuto Não bastassem as nossas mazelas, e que não são poucas, nas próximas horas temos de ficar muito preocupados com a situação da Venezuela, especialmente da fronteira com o Brasil, em Roraima, para onde foram encaminhadas as toneladas de ajuda humanitária. O ditador Maduro mandou fechar todas as fronteiras, com a Colômbia, Brasil, qualquer buraquinho, par a que não chegue essa ajuda, que ele acredita ser uma forma de invasão do imperialismo americano. Mas da Rússia, Cuba, China, ele não desgruda.

Já houve – agora pela manhã – confronto sério – deixa 1 morto e 12 feridos.

Ah, acharam a verdadeira abelha rainha ! A abelha-gigante-de-wallace (Megachile pluto). Tem seis centímetros. Encontrada em uma ilha do Arquipélago das Molucas do Norte, na Indonésia.

 

Expedição em ilha da Indonésia encontrou um único exemplar da abelha gigante de Wallace — Foto: Clay Bolt

 

#ADEHOJE – VAI, CAI MADURO.

#ADEHOJE – VAI, CAI MADURO.

 

SÓ UM MINUTO – Uma demora que tortura todo um povo, que já não tem mais nada a não ser a esperança de reconstruir o país. Venezuela, um pobre país rico. A autoproclamação de Juan Guaidó, esse jovem de 35 anos, da Assembleia Nacional, como presidente da República da Venezuela após milhares nas ruas, chega a ser um alento. Mas Maduro joga duro e já há mais de uma dezenas de mortos nas manifestações populares. A geopolítica treme. O apoio imediato dos Estados Unidos, seguido por países como o Brasil, Argentina, Canadá, entre outros, recebe o contraponto de nações de guerra como a Rússia, Turquia, Cuba. Oremos pela Venezuela, e para que não seja ela a base do mais novo – e que seria terrível – desentendimento terrestre.

Em São Paulo, uma de suas mais importantes pontes, na Marginal Tietê foi interditada antes que causasse mais uma desgraça. Um presente de aniversário que a cidade decididamente não queria.